#pl118 Cenas dos próximos episódios

Um intervalo na programação, pausa para publicidade, a vergonha continua dentro de momentos…

No próximo episódio veremos estes comediantes a utilizar os mesmos argumentos, defendendo a sua “visão” retrógrada de “defesa” da “cultura” e dos “produtores” tentando com que nos esqueçamos que os interesses que realmente defendem são os dos parasitas e comerciantes que não produzindo rigorosamente nada, pretendem ser os principais interlocutores sobre esta temática.

Iremos também ver as manifestações dos afectados e a sua correcta postura de vítimas de uma injustiça, veremos os ataques desproporcionados feitos contra estas manifestações, utilizando a retórica abjecta de tentar “pintar” quem se sente vítima de “criminoso”.

Vamos assistir à passividade e postura longínqua dos “mass media” que no máximo irão reproduzir as declarações à Imprensa dos proponentes e com um bocado de sorte irão fazer de conta que vão fazer um contraditório reproduzindo o que forem vendo das manifestações online. Sempre sem comentar ou sequer discutir o valor das declarações proferidas. Mais uma vez demonstrando que o valor dessa “profissão” cada vez mais se afasta dos princípios que lhe deram origem e importância.

Posso contar-vos também (porque o vejo com clareza) o final da próxima época, sabendo que todos vós já adivinham o resultado deste guião mais que previsível.

Esta telenovela não vai acabar com casamentos e o castigo dos “vilões”, esta vai ser ao contrário, vai castigar os inocentes e divorciar os representantes do povo dos seus representados. A festa final vai ser feita no tugúrio dos parasitas, com muitas palmadas nas costas e regada a milhões sacados ao futuro. Ou seja, nada a que já não estejamos habituados motivo pelo qual esta telenovela deixou de ser uma obra de ficção e obteve o estatuto de documentário.

Nada me daria mais gosto do que ter de reconhecer que nada disto aconteceu daqui a uns meses…

Anúncios

Porque sim…

Os nossos vizinhos ibéricos enfrentam uma luta desproporcionada contra a máquina propagandista e elitista. Para já os inimigos da liberdade e pluralidade cultural fizeram aprovar pelo governo a Lei Sinde-Werte, escrita por encomenda e obrigação de outro país, custa-me a crer nesta última parte, conhecendo a pendência ferozmente nacionalista do povo espanhol, mas pelos vistos isso é só fogo-de-vista quando se trata dos pulhíticos.

Bom, como quero ser bloqueado em Espanha, fica aqui a minha intervenção…

labioswert Bora lá a sacar isto