Artistas Libertam a sua Música

Oiçam, baixem, partilhem.

Nem todos os artistas estão preocupados em arranjar rendas vitalícias pela reprodução digital da sua obra. Para eles é mais grave ser desconhecido que não ser pago por trabalho não executado.

A Arte não é uma experiência privada, é uma experiência social, a partilha acrescenta-lhe valor, peso, influência e consistência. Proibir ou limitar esse aspecto social da arte em qualquer das suas formas só faz sentido para vendedores de batatas e tijolos. Qualquer artista que se preze, e saiba o que isso significa, quer que a sua arte seja vista, partilhada, apreciada, divulgada, socializada. Os que defendem as ideias dos batateiros não merecem esse apodo de “artista”. São meros parasitas que pretendem sobreviver de rendas baseadas na escassez artificial que a cópia digital veio resolver e terminar de vez.

Os que estão nisto a sério, sabem que um artista nada é sem público, sem socialização da sua arte.

Estes aqui abaixo sabem disso. Oiçam, divulguem partilhem.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s