A memória e as palavras

Tem-se falado nos últimos dias muito de memória e de que estamos a utilizar os motores de busca em vez da memória.


Sim, Uso. Muitas vezes dou por mim à procura de uma palavra ou de um facto (que fatos são para vestir) e não consigo dar com o dito. Lá vou eu ao motor de busca, escrevo umas coisas relacionadas e vejo o que sai de resultados, e pumbas, muitas vezes o que eu queria dizer aparece logo ali escarrapachado.
Quer isto dizer que estou com menos memória ou com menos capacidade? Não sei dizer, sei que o facto de poder fazer essa busca, nas poucas ocasiões em que se torna imprescíndivel poupa-me muita ansiedade e dá-me um certo descanso.
As palavras não desapareceram, estão lá, só perdi o caminho para elas, momentaneamente. O simples facto de as reconhecer quando as vejo nos resultados da busca, já diz tudo.
Em contrapartida, leio muito mais, aprendo muito mais, descubro muitas coisas novas, e de vez em quando até consigo escrever.

Sei que quem escreveu que a nossa memória está a reduzir-se, tem medo. Medo de usar esta bengala que estarmos todo o dia, todos os dias ligados a uma corrente de informação, possa dar a alguns uma vantagem extra de capacidade de acumulação e manipulação de informação que os que a recusam não têm. Mas, não têm porque não querem, está tão disponível para eles como para os outros.
Sim, há factos básicos e de carácter genérico que é necessário memorizar, senão nem as buscas conseguimos fazer, ou até reconhecer a validade dos resultados, ou mesmo interpretá-los ou utilizá-los. As competências necessárias não se aprendem nas escolas, mas sim no próprio uso das ferramentas que vamos usar. Saber fazer uma busca, não é tão simples nem tão directo quanto isso. Requer saber um mínimo do que estamos a procurar de forma a obter resultados de forma eficiente e adequados às necessidades. Portanto, as palavras, os factos, têm de estar de alguma forma já presentes na nossa memória, ou jamais iremos conseguir encontrá-los.
E como vão lá parar? Lendo! Lendo muito, de tudo e mais alguma coisa, sem nos restringirmos a nenhum campo específico.

Bem, já chega de me ler, podem escrever aí em baixo!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s